O CÉU É O MEU TETO,A TERRA É MINHA PÁTRIA,A LIBERDADE É A MINHA RELIGIÃO!

sábado, 12 de setembro de 2009

DENTRO DE MIM...

Ouço dentro de mim
a voz da natureza
O orgulho do meu sangue,
que ama a música e a beleza...
O anseio constante e esta inquietude insatisfeita
de horizontes novos...
Ouço dentro de mim
esta ânsia de amar que
é quase um grito...
A esperança que me embala
em momentos difíceis e
a fé num Criador deste céu infinito...
Ouço dentro de mim
o apelo da vida!
A vibração do som, a alegria da cor,
o doce embriagar da noite
onde a lua me chama e as
estrelas me escutam...
Meu ser é só vertigem!
E me deixo levar!
Cigarra boêmia...
noctívaga aragem...
lembranças, paixões, queixumes...
Lamento de guitarras.
Rubra rosa em meus cabelos negros...
Saudade de antigas caravanas,
sortilégio e magia dessas noites ciganas,
cujas vozes, nas "cuevas"**
ainda ouço cantar!

( **cavernas onde viviam os ciganos, para se esconder da Inquisição, na região de Andaluzia, sul da Espanha.)

Cezarina/2009.






8 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Cezarina,

E essa voz, que sai das suas letras, é escutada com toda emoção.

Maravilhoso começo de semana, cigana linda.

Rebeca

-

Indiana disse...

Cezarina,
Me vez chorar, sinto que sou cigana de alma, pretérito não muito distante grita por esse povo Gitano.
Desde menina me fascinava as cartas e hoje é onde encontro o meu sossego,lembranças remotas porém latentes na alma.
Adoro seu blog.
Indiana

cezarina disse...

Agradeço aos amigos de minha alma!Rebeca e Indiana adoro vocês!Obrigada pelas palavras lindas!E pela visita!Bjos!

Lúcia Amorim: disse...

Obrigada Cezarina por deixar um perfume no ar.Gosto muito do que escreve.
Fiquei pensando nas "cuervas",minha alma secular cigana ainda teima lá se esconder.
Lúcia Amorim

cezarina disse...

Gracias,querida!Adorei sua visita e seu comentário! Doce beijo!

Luciano Braz disse...

Muito showwwww

gente adorei este espaço ... minha cara rsrs

Abraço e parabéns !

Elena Publio disse...

Eu estou relembrando minhas vidas passadas como bruxa e cigana... e soube que em uma delas vivi numa caverna, me escondendo...lá, escondida fazia meus feitiços. Não sabia que se chamavam Cuevas, não sabia que ciganos se escondiam em cavernas... na minha visão, eu queria entender se era uma passagem de vida cigana ou vida de bruxa, procurava uma ligação...e no fim acabo percebendo que é tudo uma coisa só.
Namasté!

cezarina disse...

Elena, as "cuevas" são grutas ou cavernas na Espanha onde se escondiam os ciganos kalon, para fugir das perseguições da Igreja,por serem rotulados como bruxos...Sabe-se, hoje, que quem morria nas fogueiras,geralmente eram ciganos e ciganas, por lerem a sorte das pessoas,seu futuro,de várias formas e, tb pq eram pessoas livres e alegres,que cantavam , dançavam e riam!Tudo proibido pela Igreja Católica, na época! Besos!