O CÉU É O MEU TETO,A TERRA É MINHA PÁTRIA,A LIBERDADE É A MINHA RELIGIÃO!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

NOTURNO ...



A NOITE PINGA ESTRELAS
NOS MEUS OLHOS...
ESTOU SÓ.

DE LONGE, VEM UM PERFUME,
QUE A ARAGEM TRAZ, SILENCIOSA.
A HORA É DE MISTÉRIO, ENCANTAMENTO!
UM GOSTO ACRE DE MELANCOLIA
ME VEM À BOCA...

TEU VULTO ME INVADE A ALMA,
IMAGEM SOLITÁRIA
A LEMBRAR O PASSADO...
LÁ FORA,O CÉU NOTURNO
TRANSBORDA EM PRATA.

SE TU SOUBESSES...AH!
COMO AINDA TE DESEJO...
COMO ME ARDE A DOR
SEM REMÉDIO, DA TUA AUSÊNCIA...!

SOU COMO UMA LAGOA ESCURA
PROFUNDA E FRIA,
A REFLETIR, SEM SABER,
A IMAGEM PÁLIDA DA LUA.
(Cezarina Macedo/agosto,2010.)

Um comentário:

Adriana Rodrigues Torres disse...

Cezarina,querida,que linda coincidência,acabei de postar o que escrevi sobre a "noite"...e venho ler-te, e encontro teu escrito...Ambas,neste mês de agosto,em nostalgia,solidão...à noite.Deve ser coisa desta nossa alma cigana...Parabéns por teu blog.Grande beijo,paz e luz!