O CÉU É O MEU TETO,A TERRA É MINHA PÁTRIA,A LIBERDADE É A MINHA RELIGIÃO!

quarta-feira, 24 de junho de 2009

DEPOIS....

DEPOIS DE ESTAR PARTIDA,
ESTOU QUIETA.
MANSAMENTE ENVOLVIDA
NAS PEQUENAS RECORDAÇÕES;
COMO A BORBOLETA AO SOL
SECANDO, TRÊMULA, AS SUAS ASAS.

ESTOU QUIETA...
LAMBENDO MINHAS FERIDAS
E DESEJANDO AINDA MAIS A VIDA,
COMO SE DESEJA A LUZ,
DEPOIS DA ESCURIDÃO.

QUERO OLHAR NOVOS OLHOS
COM OUTROS OLHOS...
TRILHAR NOVAS ESTRADAS.
CANTAR CANÇÕES MAIS DOCES
E QUERER, TAMBÉM, COM MAIS AMOR...
A SONHAR TERNAMENTE
NO AZUL DAS MADRUGADAS,
OLHANDO A LUA DILUIR-SE EM PRATA.
SENTIR O VENTO A BRINCAR
NOS MEUS CABELOS...
E, MAIS DO QUE NUNCA,
PODER PISAR COM OS DOIS PÉS
A AREIA MACIA!

DEPOIS QUE A ASA QUEBRADA SARAR
VOU SAIR PELO MUNDO...
VOAR NOVOS CAMINHOS
E CAMINHAR, FELIZ,
POR OUTROS CÉUS!

Cezarina Caruso/2003. ( Esta poesia eu fiz quando estava de cama por 2 meses após cirurgia, por fratura na perna esquerda em 3 lugares...)


4 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Há 6 anos esse texto foi escrito e agora foi lindamente mostrado em seu blog. Essa partida fez trilhar essa nova estrada, com tantos sonhos vividos.

Lindo, Cigana linda.

Sua alma é bela!

Beijo grande e que sua noite seja de luz.

Rebeca


-

Marise Catrine disse...

Nada como sarar as feridas para caminhar em frente.

Lindo!

Lu Cavichioli disse...

Oi Cezarina, li encantada essa poesia, e no final vi que foi um momento que viveu.
Felizmente você já está voando por outros céus.

Bjs minha querida.

Vc recebeu os livros?

cezarina disse...

Olá,Amigas!Obrigada pelas palavras e pela visita! Lú, recebi os livros sim e adorei! Lindo o seu livro de poesias Re(cantos) de Mim!O seu é muito bem feito, o meu é simples,edição de bolso, capa preto e branco, etc... não tenho palavras pra agradecer! Bjos para todas!