O CÉU É O MEU TETO,A TERRA É MINHA PÁTRIA,A LIBERDADE É A MINHA RELIGIÃO!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

HOJE...



HOJE ME SINTO DIFERENTE...
A ÂNSIA DE TE VER
ME INVADE DE REPENTE.
SINTO FALTA DE TI,
COMO SINTO DE AR.
E VOU, LENTAMENTE
MORRENDO DESTA ANGÚSTIA
INSONE QUE ME OPRIME
E ATORDOA,DESTA SAUDADE INTENSA
QUE ME ARRASTA,
COMO FOLHA SECA
QUE O VENTO LEVA PELAS RUAS...

ONDE ANDARÁS?
POR QUAIS CAMINHOS
TEUS PASSOS TE CONDUZEM
PARA LONGE DE MIM?

AH! ESTE DESEJO LOUCO
QUE ME DEVORA INTEIRA,
QUE ME FAZ ARDER
COM ESTE FOGO INTENSO
QUE CARREGO ACESO
DENTRO DO MEU PEITO!

QUE CORRENTEZA É ESSA
QUE ME ARRASTA
PARA UM ABISMO
DE QUE NEM SUSPEITO?
LOUCURA É ESTA,
QUE ME DESNORTEIA,
ME FAZ PERDER O RUMO, ME TONTEIA,
DESFAZ MINHA RAZÃO,
ME DESPEDAÇA E ARRANCA
DO PEITO, O CORAÇÃO?

Cezarina/2002.

2 comentários:

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Fada cintilante em pleno vôo,

Qual intensidade que arrasta minha alma para perto da sua alma tão iluminada e colorida... Dentro de uma poesia tão magnificamente depurada e bem elaborada sinto os ventos que deixaram de ser brisa para te conduzirem à viagem... Tão esplendoroso seu canto e seu grito que me emociona sempre... Parabéns pela beleza dos e nos versos!

Luz e paz!

Com apreço imenso,
Whesley

Marise Catrine disse...

:)

Este seu poema faz-me lembrar a palavra SAUDADE. Palavra tão tipicamente portuguesa e tão intensa em simultâneo.

A saudade que alguém ou algo nos pode provocar acaba por se tornar num sentimento tão belo, não?

Um beijo enorme.