O CÉU É O MEU TETO,A TERRA É MINHA PÁTRIA,A LIBERDADE É A MINHA RELIGIÃO!

sábado, 18 de abril de 2009

PRESENÇA...



A MINHA SOLIDÃO
AGORA PESA MAIS...
POIS CONHECI O PRAZER DA TUA COMPANHIA,
O CALOR DO TEU CORPO E DA TUA PRESENÇA.

QUANDO ESTOU SÓ
RECORDO TEUS BEIJOS...
TUA LINGUA SUAVE
A INVADIR MINHA BOCA
NUMA SURPRESA DE ARAGEM
REPENTINA ...

RECORDO
O GOSTO AGRADÁVEL DA TUA SALIVA,
-ÁGUA VIVA-
A MISTURAR-SE,IMPUNE,
AOS MEUS SABORES...
O PERFUME DO TEU ROSTO,
O ARRANHAR BRUSCO,
DA TUA BARBA MAL FEITA,
NA PÉTALA DA MINHA PELE...

LEMBRO,AINDA
O CALOR ARDENTE DOS TEUS BRAÇOS,
COMO NINHO,ABISMO,OCEANO,
ONDE ME ESCONDIA DO MEDO
DE TE PERDER...

AH! O APERTO DE TEUS BRAÇOS FORTES
NUM AMPLEXO INFINITO
DE PRAZER E ALEGRIA!

E,QUANDO NOS SEPARAMOS
FICASTE DENTRO DE MIM...
E QUANDO TE FOSTE
UM PEDAÇO DE MIM
FUGIU CONTIGO!
Cezarina Caruso. (POESIA ESCRITA EM MAIO/2002)-Pintura de Maria do Carmo da Hora.

Um comentário:

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Oi de novo,

Versos profundos e suaves... Saboroso poema!

O que ficou é o que deveria mesmo ficar, o melhor que houve e ainda há!

Abraços,

Whesley